Resumo de Rei Lear – Análise e Resenha

Rei Lear, análise, resenha e resumo do livro de Shakespeare. A peça Rei Lear é uma é uma tragédia, escrita por William Shakespeare entre os anos de 1603 e 1606. Ela foi baseada em uma lenda dos celtas, datada de antes da ocupação romana das ilhas britânicas, do rei Leir. A história narra o declínio do personagem que dá nome à peça, que sucumbe à loucura.

Resumo de Rei Lear de William Shakespeare

No início da trama, conhecemos o Rei Lear, um senhor que tem três filhas: Goneril, Regan e Cordélia. Como ele já está idoso, quer deixar o trono para passar o resto de sua vida em repouso, e para isso decide dividir seu reino entre suas três herdeiras. Goneril e Regan, interesseiras, usam palavras doces para seduzir o pai; já Cordélia, que é honesta, deixa claro para ele que não há palavras que possam expressar seu amor de filha. Porém, o rei se enfurece com essa resposta vaga, e deserda a filha caçula, dividindo seu reino entre as duas outras.

O Duque de Kent acredita que essa situação é injusta e defende Cordélia, acabando banido do reino junto com a filha do rei – porém, ele volta ao reino disfarçado e põe-se a serviço de Lear. Um dos pretendentes de Cordélia, o Duque de Borgonha, descobre que ela não terá mais dote e desiste de casar-se com ela. Seu outro pretende, o Rei da França, fica impressionado com sua honestidade e resolve casar-se com ela.

A partir de então, fica combinado que Lear deve revezar entre ficar na casa de Goneril e Regan; porém, agora que já têm o reino as duas não demonstram mais amor pelo pai, e se unem contra ele. O antigo rei rompe com suas filhas, e elas o expulsam – ele sai em companhia somente de seu Bobo e de Caio, que na realidade é o Duque de Kent disfarçado.

Enquanto isso, o conde de Glócester também é enganado: seu filho bastardo Edmundo o convence que seu filho legítimo, Edgar, está planejando seu assassinato. Temendo a fúria do pai, Edgar disfarça-se de mendigo louco e se esconde na floresta.

Resumo de Rei Lear
Foto: wikimedia

Lear vaga quase enlouquecido por uma grande tempestade. Glócester não conforma-se com o tratamento dado ao antigo rei, e o guia até uma cabana, onde se esconde disfarçado Edgar. Porém, o seu filho Edmundo está agora tramando contra o próprio pai, acusando-o de trair a Bretanha auxiliando uma invasão dos franceses. Como castigo, Glócester tem os olhos arrancados, e também é expulso de sua casa por Edmundo.

Cego e arrependido, o antigo conde vaga até encontrar Edgar, que não revela sua verdadeira identidade. Glócester quer cometer suicídio, atirando-se de um precipício, mas Edgar o engana para que isso não ocorra. Eles reencontram Lear, agora completamente louco. É nesse momento que Kent, ainda fiel ao seu antigo rei, guia Lear até o exército francês, onde ele reencontra sua filha Cordélia. Recuperando sua lucidez, Lear implora perdão à filha; ela conforta o pai, garantindo que não guarda qualquer rancor.

A essa altura, Edmund tornou-se chefe do exército inglês, Regan está viúva e Goneril detesta o próprio marido. Edmundo consegue finalmente vencer os franceses, capturando Cordélia e Lear e os condenando à morte.

Tanto Regan quanto Goneril desejam casar-se com Edmundo, mas como a primeira está viúva, é a escolhida. Por inveja, Goneril envenena a irmã, e suicida-se quando seu marido descobre suas intenções com Edmundo. Edgar e seu irmão ilegítimo lutam, e Edmundo morre sob a espada do irmão – e Glócester também falece, antes descobrindo a identidade de Edgar.

Ao final, pouco antes de morrer, Edmundo confessa sua trama e avisa da sentença contra Cordélia e Lear – porém, a jovem já tinha sido enforcada. Lear surge delirando, com o corpo da filha amada nos braços, e morre em seguida. Após esse final trágico, Edgar assume o trono.

Principais personagens de Rei Lear

  • Lear, rei da Grã-Bretanha;
  • Goneril, filha mais velha de Lear;
  • Regan, segunda filha de Lear;
  • Cordélia, filha mais jovem de Lear;
  • Duque de Albany, marido de Goneril;
  • Duque da Cornualha, marido de Regan;
  • Conde de Gloucester;
  • Conde de Kent, também aparece disfarçado como Caio;
  • Edgar, filho de Glócester, também aparece disfarçado como Pobre Tom (Poor Tom);
  • Edmundo, filho ilegítimo de Glócester;
  • Oswaldo, assistente de Goneril;
  • Bobo de Lear;
  • Rei da França, pretendente e marido de Cordélia;
  • Duque da Borgonha, pretendente de Cordélia;
  • Curan, um cortesão;
  • Homem velho, assistente de Glócester;
  • Outros: médico, um oficial a serviço de Edmundo, um cavalheiro ao serviço de Cordélia, um mensageiro, serventes do Duque da Cornualha, cavaleiros da corte de Lear, oficiais, soldados e serventes.

Frases do livro

Fale o que nós sentimos, não o que devemos dizer.

Nada virá do nada: Fale novamente

O príncipe das trevas é um cavalheiro!

Lamentar uma dor passada, no presente; é criar outra dor e sofrer novamente.

Tu não devias ter ficado velho antes de ter ficado sábio.

Compartilhe

Deixe um comentário