Paixão de adolescente

Desconcertado… É assim que me sinto por esses dias
Meus pensamentos não obedecem meus instintos
A concentração partiu para longe sem dizer se voltaria
Até parece que pegaram caminhos mais que distintos…

Minha razão desviou para alguma outra estação
Enquanto meu coração desenvolveu o faro
Para segui-la por onde for, com ou sem razão
Para guardar para sempre em minhas mãos, algo tão raro…

Eu estou indo além de tudo que já experimentei
É estranho e ao mesmo tempo, muito bom
Minhas vontades com a sua presença enlacei
Até minhas canções, para você cantar, mudei o tom…

Não sei se isso é resultado de muitos anos de carência
Mas, às vezes me sinto vivendo um amor de adolescência

Todos meus pensamentos te buscam como se fosse fera
Em busca da única razão de sua sobrevivência…

Algo como a felicidade das plantas ao sentir o sol na esfera
Tornando possível toda a nossa rara e breve existência…

Compartilhe

Deixe um comentário