Nunca mais te esquecerei

Já tentei, durante muito tempo
Através das noites em claro
De dias tediosamente longos
Através da razão e da loucura…

Eu já tentei de todas as formas esquecer
Mas, teu sorriso assombra minha lembrança
Teu sabor resseca meus lábios sedentos
Acho que não poderei esquecer este sentimento…

E agora que não o tenho ao alcance da mão
Tudo que tenho é esse pedaço de solidão
Me envolvendo por baixo e destruindo o coração
Sendo condenado pela minha sempre presente razão.

E agora, neste recanto de recordações
Tudo que me resta são maldições
Dos dias que esteve por perto e que agora não
Como vou sobreviver as novas estações?

Já passou tantos dias que parei de contar os anos
E mesmo com toda distância entre nós, ainda não consegui
Esquecer a cor de seus olhos, o sabor de seu beijo
E o calor de teu corpo que faz tanta falta nas noites frias…

Se pelo menos pudesse voltar no tempo que no tempo
Tudo que nos importava era o precioso sentimento
Se pelo menos pudesse refazer meus passos e te amar
Talvez não teria te perdido e visto, o vento para longe te soprar…

E pelos meus próprios erros, nunca te esquecerei
Pois descobri certa vez, que todos os meus melhores momentos
Estava ao meu lado, pena que reparei bem tarde
E agora sei, que pelo resto de minha vida, me arrependerei…

Compartilhe

Deixe um comentário