Home > Biografias > Biografia de William Shakespeare – Vida e Obra

Biografia de William Shakespeare – Vida e Obra

Confira a biografia completa de William Shakespeare, tudo sobre sua vida e obra e a lista completa de seus principais livros, pensamentos e frases.

“To be, or not to be”

Shakespeare é considerado o maior dramaturgo do mundo e um dos maiores escritores de todos os tempos – o que não é pra menos. Suas obras são altamente complexas, tanto em caráter literário como psicológico; a maneira como ele retrata temas como o amor, a vida e a morte, a sexualidade, questões políticas e sociais – além da forma como individualiza e trabalha cada personagem, tornando-o um indivíduo único com suas próprias reflexões e sentimentos, perpassa o tempo e se tornam imortais.

Sua biografia não é muito clara, sobretudo em sua infância e adolescência.  Acredita-se que William Shakespeare nasceu no dia 23 de Abril de 1564, em Stratford-upon-Avon, na Inglaterra, terceiro filho de oito (sendo ele o mais velho a sobreviver) do sub-prefeito de Stratford John Shakespeare, e de Mary Arden, filha de um rico proprietário de terras. Viveu economicamente bem até o começo de 1570, quando John passou por uma crise financeira que impediu Shakespeare de ter uma formação escolar completa, precisando trabalhar para ajudar a família; apesar da situação, o jovem Shakespeare manteve seu interesse pelos escritores clássicos, por novelas e contos, sendo essencial em sua formação como dramaturgo.

Aprendeu latim e começou a escrever logo depois de se casar com Anne Hathaway, na época com 26 anos (ele tinha 18 anos), em 1582. Juntos, tiveram 3 filhos: Susanna e os gêmeos Hamnet e Judith. De 1585 – ano de nascimento dos gêmeos – a 1592, não se tem registros sobre William Shakespeare. O aspirante a escritor reapareceu em Londres, datado em 1592, quando algumas de suas peças foram apresentadas na cidade. A Inglaterra vivia seu momento de ouro sob o comando da rainha Elizabeth I, o que favoreceu o desenvolvimento cultural da região, com grandes investimentos no teatro.

William Shakespeare
William Shakespeare

Alguns especulam que William Shakespeare começou sua carreira em 1580. Ao se mudar sozinho para Londres, começou a trabalhar em um pequeno teatro – não se sabe ao certo se começou como cuidador de cavalos ou como ponto, avisando os atores de suas entradas em cena –, em um cargo pequeno, até conseguir se tornar ator, o que não era muito bom. Passou a se interessar então pelo funcionamento do teatro e logo começou a escrever suas próprias peças, que eram produzidas e realizadas pelo grupo ‘LordChamberlain’sMen’ – que trocou de nome (e se tornou oficialmente a primeira companhia de teatro da História) após a morte da rainha Elizabeth I, passando a se chamar ‘Kings Men‘.

Não demorou muito para que seu talento como dramaturgo fosse reconhecido: há divergência de estudiosos sobre seu primeiro trabalho, mas algumas de suas primeiras peças, como a “Comédia dos Erros“,escrita entre 1590 e 1594 (durante esse tempo, Shakespeare escreveu algo em torno de 150 sonetos), e “A Megera Domada“, tiveram enorme sucesso já na época.

A obra do escritor pode ser dividida em 4 fases. A primeira, que dura até 1590, é caracterizada pelas comédias alegres e dramas históricos, influenciado pelo teatro italiano e romano. O segundo período vai de 1595 a 1599, com as grandes comédias trágicas (sendo o primeiro a desenvolver o gênero), e é considerado o auge criativo de Shakespeare; datam desse período “Romeu e Julieta“, “A Tragédia de Júlio César” e “Sonhos de Uma Noite de Verão“. A terceira fase (1600-1608) é marcada pelo lado sombrio de Shakespeare, que deu vida às tragédias épicas, alguns de seus mais célebres trabalhos: “Hamlet“, “Otelo“, “Macbeth“ e “Rei Lear“. A quarta fase é considerada um abandono desse período negro, como se a tormenta que dominava o escritor em sua terceira fase houvesse ido embora. Nesse período ele escreveu algumas tragicomédias e romances – “A Tempestade“, de 1613, foi sua última obra lançada em vida.

No final do século XVI, Shakespeare havia se tornado um homem rico, graças a seus investimentos e propriedades adquiridas. Se tornou sócio do Globe, o maior teatro da Inglaterra, em formato octogonal, aberto no centro e sem cortinas, onde realizava suas peças. O teatro foi destruído em um incêndio em 1613; já cansado, Shakespeare decide retornar a Stratford, para perto de sua família.

Também não é muito que se sabe sobre a morte de Shakespeare. O dramaturgo morreu no dia do seu aniversário, em 23 de abril de 1616; boatos se propagaram afirmando que teria morrido devido ao alto consumo de álcool. Seu corpo foi sepultado na igreja da Santíssima Trindade (Holy Trinity Church) em Stratford-upon-Avon; em seu túmulo foi erguida uma estátua sua em posição de escrita, e a cada ano, no dia de seu nascimento (o mesmo de sua morte), é trocada a pena de ave na mão da estátua.

Existem diversas teorias e estudos sobre a vida privada de Shakespeare; pouco se sabe sobre sua relação com a família, sua sexualidade, sua aparência e até sobre sua identidade, que alguns afirmam não ser real. O que é unânime, entretanto, é que, em menos de 25 anos, Shakespeare escreveu alguns dos mais complexos trabalhos literários da História. Suas obras foram analisadas por grandes pensadores, como Freud e Goethe, e servem de inspiração até hoje para escritores, atores e literários do mundo inteiro.

Principais livros e obras de William Shakespeare

Comédias de William Shakespeare

  • Sonho de uma Noite de Verão
  • O Mercador de Veneza
  • A Comédia dos Erros
  • Os Dois Cavalheiros de Verona
  • Muito Barulho por Nada
  • Noite de Reis
  • Medida por Medida
  • Conto do Inverno
  • Cimbelino
  • A Megera Domada
  • A Tempestade
  • Como Gostais
  • Tudo Bem quando Termina Bem
  • As Alegres Comadres de Windsor
  • Trabalhos de Amores Perdidos
  • Péricles, Príncipe de Tiro

Tragédias de William Shakespeare

Dramas históricos de William Shakespeare

  • Rei João
  • Ricardo II
  • Ricardo III
  • Henrique IV, Parte 1
  • Henrique IV, Parte 2
  • Henrique V
  • Henrique VI, Parte 1
  • Henrique VI, Parte 2
  • Henrique VI, Parte 3
  • Henrique VIII
  • Eduardo III

Frases e pensamentos de William Shakespeare

A verdade nunca perde em ser confirmada. – (Frases de Shakespeare)

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar. – (Frases de Shakespeare)

Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente. – (Frases de Shakespeare)

É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada. – (Frases de Shakespeare)

Assim que se olharam, amaram-se; assim que se amaram, suspiraram; assim que suspiraram, perguntaram-se um ao outro o motivo; assim que descobriram o motivo, procuraram o remédio. – (Frases de William Shakespeare)

Check Also

Cazuza banner

Biografia de Cazuza – Vida e Obra

Confira a incrível biografia completa de Cazuza, tudo sobre a vida e obra e a ...