Home > Biografias > Biografia de Platão – Vida e Obra

Biografia de Platão – Vida e Obra

Confira a biografia completa de Platão, tudo sobre sua vida, a lista completa de suas principais obras, pensamentos, frases, deias e valores. Platão foi um dos mais conceituados e estudados filósofos da História. Discípulo de Sócrates e mestre de Aristóteles, seus tratados sobre a política e as maneiras de governo servem de base até hoje para a compreensão da democracia – e os perigos da falta dela.

Platão nasceu por volta do ano de 427 a.C. em Atenas, no auge da democracia grega, vindo de uma família tradicional e política. Foi batizado como Aristócles, mesmo nome de seu avô, mas seu treinador de luta, Aristão, o nomeou Platon, que significa “grande“, por sua figura robusta.

O menino cresceu em meio a conturbadas agitações políticas, e desde cedo se mostrou interessado pela política. Conheceu as obras de Crátilo e de Heráclito antes de se tornar discípulo de seu grande mestre, Sócrates.As guerras que assolavam Atenas terminaram por volta de 404 a.C., entrando em vigor a Tirania dos Trinta, que tinha entre seus participantes parentes de Platão; este foi convidado para participar da vida política, mas se negou por não concordar com as diretrizes do governo. Seu descontentamento com o governo aprofundou em 399 a.C., quando Sócrates foi julgado e condenado à morte. Nesse momento, Platão passou a fazer profundas e severas críticas ao Estado, e passou a defender uma maior participação da filosofia no governo.

Descrente em relação à democracia ateniense, o filósofo decidiu viajar, passando pela Magna Grécia (atual sul da Itália), onde conheceu um sábio-governante chamado Arquitas de Tarento, que inspirou Platão a repensar sobre modelos de governantes como solução para os problemas políticos; foi também para Siracusa (Sicília), onde conheceu Dion, cunhado do tirano Dionísio, e ao Egito (apesar de sua passagem por esse último não ser confirmada). Foi nessa época que começou a escrever seus primeiros Diálogos e, possivelmente, começou a escrever “República“, uma de suas maiores obras.

Platão
Platão

Platão voltou a Atenas e, por volta de 387 a.C., fundou sua Academia – marco na história do pensamento ocidental –, onde passou 20 anos dedicando-se ao ensino e às suas obras. Em sua Academia, prezava o ensino como conhecimento vivo e mutável, e não como algo a ser meramente decorado e reproduzido adiante; seus alunos eram jovens e anciãos, e todos contribuíam com o financiamento das despesas. Desse período vieram os diálogos em que Platão começa a romper com o pensamento socrático para dar lugar a uma filosofia mais pessoal, como visto na “República“, “Banquete“ e “Fedro“.

No ano de 367 a.C., seu amigo Dion chamou Platão para retornar à Siracusa; o tirano Dionísio havia morrido, sendo sucedido por Dionísio II, tendo Dion como conselheiro. Platão viu a oportunidade de mudar o rumo político da região, mas fracassou. Voltou então para sua Academia, onde se dedicou à produção de suas obras. Nessa época separou por definitivo seu pensamento com o de seu mestre Sócrates, e apresentou com clareza sua visão sobre o mundo das ideias, um de seus raciocínios mais conhecidos.

O filósofo ainda tentou uma 3ª viagem à região, onde passou quase um ano tentando unir os gregos da Sicília contra a ameaça cartaginesa, mas também dessa vez não obteve sucesso. O governo, passado de tirano por tirano, se mostrou instável e imprudente, e a Sicília acabou sendo conquistada por estrangeiros, como Platão previra. Regressando à Atenas, Platão voltou à Academia e às suas obras, onde permaneceu fiel até sua morte, em 348/347 a.C., aos 80 anos de idade, sendo enterrado nos jardins da Academia.

Dentre as muitas contribuições do filósofo para o pensamento moderno, destacam-se a teoria das ideias – o que vemos é meramente substancial, enquanto o que de fato enxergamos, reconhecemos, vemos de forma intelectual é muito mais real e imutável; as ideias são as essências primárias sobre o que é o belo, o bem, o virtuoso, etc. (um bom exemplo dessa teoria é a “alegoria da caverna“, um dos diálogos mais conhecidos de Platão)–; a dialética – o processo de extrair a verdade por meio de perguntas destinadas a abrir o que já é implicitamente conhecida, ou de expor as contradições e confusões de posição de um oponente, se aproximando cada vez mais da verdade final –; e sua visão de ética e justiça – a justiça, enquanto virtude, pode ser absoluta (ligada ao divino) ou relativa (justiça humana), que se espelha nos princípios da justiça absoluta, tentando dela se aproximar. A ética é a justiça relativa, a justiça que trabalha para a boa vida, expressão amplamente usada por Aristóteles, discípulo de Platão, em suas obras sobre a virtude.

Frases de Platão

 – Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o Amor toma conta dele. – (Frases de Platão)

– Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz. – (Frases de Platão)

– Tente mover o mundo – o primeiro passo será mover a si mesmo. – (Frases de Platão)

Principais Obras de Platão

Consideramos as obras abaixo como as principais produções de Platão.

  • A República;
  • Apologia de Sócrates;
  • O Banquete;
  • Parmênides;
  • Sofista;
  • Político;

Biografia resumida de Platão

Apesar do volume de textos atribuídos a Platão que sobreviveram, pouco é conhecido sobre sua vida. Nascido numa família nobre em Atenas por volta de 427 a.C., foi batizado como Arístocles, mas ganhou o apelido “Platão” (amplo). Embora provavelmente destinado a uma vida política, tornou-se aluno de Sócrates. A condenação à morte imputada ao mestre teria desiludido Platão, que abandonou Atenas. Viajou bastante, passando um período no sul da Itália e na Sicília, antes de retornar por volta de 385 a.C.

Fundou em Atenas uma escola conhecida como Academia, permanecendo como seu líder até a morte, em 347 a.C.

Check Also

Michelangelo-banner

Biografia de Michelangelo – Vida e Obra

Confira a biografia completa de Michelangelo, tudo sobre sua vida e obra e a lista ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *